Interatividade

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por thaina da silva santos em Ter Maio 28, 2013 3:26 pm

O feudalismo caracterizou-se como um sistema de base econômica agrária fechada, com pouco comércio, de governo político descentralizado nas mãos da nobreza e da sociedade de castas , no qual o que prevalecia era a condição de nascimento ou indivíduo.
Com o baixo comércio veio então a queda do feudalismo que foi marcada por crises de fome e guerra. Através destes fatores passa a surgir uma nova classe social, aumentando as atividades comerciais, a burguesia, que atraiu boa parte da população camponesa e com consequência imediata do aumento do comércio, com o aumento da circulação monetária, dentre outras, e a principal mudança foi que todos aqueles trabalhadores passam a serem pagos em dinheiro.
Como os burgueses presenciam aquele desenvolvimento, suas ambições vão crescendo juntamente e aparece os proletários que são os operários oprimidos que trabalham em condições precárias. Esta classe inferior não tem nada a perder, pelo contrário então Marx pede que todos ele se unem e lutem pela mesma causa, melhorar condições de trabalho, e receber corretamente pelo que fabricam.
avatar
thaina da silva santos

Mensagens : 5
Data de inscrição : 03/05/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Bruna Santana em Ter Maio 28, 2013 4:43 pm

No século XIX se presencia de forma marcante duas classes opostas: a burguesia e o proletariado. A burguesia proprietária dos bens de produção e o proletariado que só possuía sua força de trabalho. Para Marx a classe do proletariado seria capaz de destruir a burguesia e superar a contradição entre ambas.
Segundo Marx a destruição da burguesia só viria quando os operários e excluídos que constituem o proletariado se conscientizarem e se unirem, assim formando o que ele chamou de Ditadura do proletariado. Lutando contra a exploração, a desigualdade social e a opressão que eram os objetivos imediatos dos comunistas uma sociedade sem explorados ou exploradores.
Marx destaca que só a união da classe explorada seria capaz de mudar a história de lutas entre os exploradores e os explorados.
Visto como de grande importância o processo de formação dos movimentos sociais e organizações representativas no qual os trabalhadores reivindicam melhores condições de vida pretendendo destruir o capitalismo e fundar uma nova ordem socialista.
Por isso os ensinamentos de Marx são vistos como a união da teoria e da prática.

avatar
Bruna Santana

Mensagens : 3
Data de inscrição : 24/04/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Stefane de Oliveira Vieir em Ter Maio 28, 2013 5:40 pm

Texto analítico (dissertativo)


Manifesto Comunista


O Manifesto Comunista, mostra a realidade que ocorre entre a burguesia(classe dominante) e o proletariado (classe desvalorizada, oprimida e explorada) que é a forma de geração de lucro para a burguesia que lucra com a força de trabalho dos proletários.
A burguesia, porém não gerou armas que lhe darão morte, produziu também homens que, manejarão essas armas, os operários modernos os proletariados. Os proletários com a situação que viviam lutavam por melhores condições de vida e sobrevivência eles participavam de sindicatos onde discutiam meios de benefícios para eles e com a situação e experiências queriam derrubar a classe que explorava e lucrava com a exploração.
O objeto imediato dos comunistas é o mesmo que o de todos os demais partidos proletários em classes, onde o comunismo é comum a todos, ou seja, os proletários e os comunistas lutavam para derrubar o poder da burguesia.
Os proletários nada têm a perder a não ser suas algemas, que com luta poderá se libertar da burguesia e ter uma vida melhor de dignidade, respeito e ser valorizado. Proletários de todo o mundo univos! Tem que se unir para alcançar objetivos que beneficiem a todos independente do lugar de nacionalidade o que importa é a condição que vivem em classe.
Max vai dizer como é que deve acontecer passo a passo o comunismo. Diz que: “O comunismo não priva ninguém do poder de apropriar-se dos produtos da sociedade, o que faz é privá-lo do poder de subjulgar o trabalho alheio por meio dessa apropriação”.
O manifesto comunista tem como objetivo relatar a situação do proletariado que era explorada pela burguesia e é uma forma de conscientizar o proletariado que com luta e união, tudo dá certo.
avatar
Stefane de Oliveira Vieir

Mensagens : 20
Data de inscrição : 29/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Murillo Ferreira 3MB em Ter Maio 28, 2013 7:47 pm

O manifesto comunista fez a sociedade abrir os olhos e passar a ter uma nova concepção de como encarar as variadas situações sociais. Procurando revolucionar o pensamento capitalista daquela época, pois todos os lados eram seguidos de opressões e de uma grande diferença de classes com a extensão do capitalismo, agindo de forma desigual com o povo. Abrange periodicamente ideias que parecem não passar de utopia , mas volta-se para Marx o conceito de comunismo na ideia de que todos precisam viver igualmente a quebrar a divisão de classes na sociedade. A burguesia na fase manufatureira contratou os empregados chamados de ploretários e também operários modernos que inicialmente recebiam pouco, porque as máquinas faziam muito. Logo depois surgiu o pensamento dos mesmos em mudar esse cenário triste formando sindicatos, pois viviam em grande precariedade no âmbito social e podendo com essa atitude ser uma grande arma utilizada para quebrar a essa barreira burguesa. Marx e Engels responderam que queriam abolir a propriedade burguesa, capitalista. Para os socialistas, a apropriação pessoal dos frutos do trabalho e aqueles bens indispensáveis à vida humana eram intocáveis. Precisão nesse assunto foi um bem preciso para esclarecimento da mente.
Os proletários tinham capacidade de superar essa fronteira, pois não tinham nada a perder já que só tinham algemas. A possibilidade de mudança vem para diminuir a imensa desigualdade nessa classe que busca um reconhecimento. Pensaram que com todos unidos, o laço se abriria.
Ele mostra que para aderir o comunismo não pode ter propriedade privada e a falta de liberdade.É claro que não retira a ninguém o poder de se apropriar dos produtos sociais; apenas elimina o poder de sujeitar, com ajuda dessa apropriação, o trabalho de outrem".
avatar
Murillo Ferreira 3MB

Mensagens : 24
Data de inscrição : 20/05/2011
Idade : 21
Localização : Itabuna

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por paulo henrique 3b em Ter Maio 28, 2013 10:57 pm

Texto analítico
MANIFESTO COMUNISTA
Ao planejar e elaborar o Manifesto, Marx e Engels, ávidos por uma revolução e não apenas uma reforma, inconformados com a situação dos operários, colocam em prática aquilo que para eles seria o necessário e indispensável para a ascensão da classe operária ao poder.
No Manifesto Marx combate a opressão social a exploração do proletário pela burguesia, propõe um regime igualitário em que o Estado seria apenas o administrador dos bens, crítica a forma de produção capitalista e a relação burguesiaXproletariado.
A burguesia em todo seu processo de formação dependeu da força humana para acumular capital. À medida que os burgueses enriqueciam crescia o número de subordinados que trabalhava em situação precária e não tinham os direitos necessários para o mínimo de bem-estar, isso beneficiava a classe opressora (a burguesia), mas também causava indignação por parte daqueles que defendia a não exploração dos trabalhadores, os teóricos do Comunismo.
Com a base cientifica que orientaria a revolução pronta, restava aos proletários ir à luta. Porém, era imprescindível que houvesse organização e uma hierarquia para guiar a classe que se formava, além da união do proletariado dos vários países. As experiências em que o Socialismo foi colocado em prática ratificam que tais premissas é o caminho para que o Socialismo “ganhe o mundo”.
O Socialismo não “ganhou o mundo” de fato, mas em alguns momentos preocupou as nações capitalistas, como na época da Revolução Russa. E mais que isso, contribuiu para a formação do sentimento de operariado como classe.
avatar
paulo henrique 3b

Mensagens : 7
Data de inscrição : 25/04/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Ana Catharina em Qua Maio 29, 2013 11:10 am


Texto referente ao resumo sobre o Manifesto comunista.


O manifesto comunista que surgiu no século 1848 com Karl Marx e Friedrich Engels sociólogos e filósofos que vieram com a ideia de comunismo, ou seja, o marximo ( outro termo que também pode ser chamado tem o mesmo significado de comunismo.)defende a organização do proletariado pelo fim das desigualdades do capitalismo.Tal manifesto que surgiu para questionar e esclarecer sobre a divisão de classes na sociedade , no qual, foi chamando de socialismo científico
A burguesa investiu e dividiu o poder de cada um relacionado sobre o trabalho , porém eles ficaram na posição de proprietários(burgueses.) e os lucros que obtinham e a outra classe com a força do trabalho ,uma renumeração baixa e a desvalorização . Fica bem claro que o manifesto comunista defendia a classe desfavorecida que a partir das ideais marxistas a classe trabalhadora criou os sindicatos.Com as reivindicações e o materialismo dialético que fizeram com os homens passem a refletir e lutar por novas leis de trabalho e ser contra ao capitalismo e assim gerando a união dos proletariados.
O livro o manifesto comunista explica como se deu a origem a divisão de classes;o capitalismo; qual o principal papel dessa classe dominante, e o papel dos proletariados e o que seria o comunismo e como seria aplicado na sociedade.Assim o manisfesto comunista gerou uma grande revolução no que se disse á respeito da sociedade e o sobre as leis trabalhistas tem a sua influência.
avatar
Ana Catharina

Mensagens : 11
Data de inscrição : 28/04/2013
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Débora Barbosa em Qua Maio 29, 2013 11:31 am

Inquietos com a situação do funcionamento do regime Capitalista, Marx e Engels expuseram todos os seus pensamentos acerca da situação revoltante dos trabalhadores que eram explorados e oprimidos pela burguesia. Com base no conhecimento os incentivaram a mudar e lutar por seus direitos. "Os proletários nada têm a perder a não ser suas algemas. Têm um mundo todo a ganhar. Proletários de todo o mundo, uni-vos!". Com as mudanças previstas por eles o conflito entre as classes opressora e oprimida, abriria espaço para um poder igualitário. A divisão de classes é um assunto que perdura por muitos séculos. Enquanto houver divisão de poder, essa luta sempre existirá. Como base do capitalismo é necessário um oprimido para haver um opressor.
Marx traz a luz do Comunismo a ideia de um mundo melhor, a valorização do trabalho, justa remuneração e poder igualitário. Revolucionando com seu manifesto ele traz a tona os acontecimentos que deveriam ser solucionados á décadas.
Seus pensamentos inovadores não obtiveram total abrangência, mais até hoje incomodam a sociedade capitalista.
avatar
Débora Barbosa

Mensagens : 5
Data de inscrição : 15/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por brenner em Qua Maio 29, 2013 11:37 am

Texto analítico (dissertativo)

Manifesto Comunista

A burguesia buscava espaço na sociedade, usou de vários meios para ir de encontro a elite, na busca de atuar nas decisões propostas para a sociedade, a burguesia conseguiu alcançar, a burguesia usou da massa camponesa e trabalhadora, do proletário, da classe inferior porém maior para alcançar is seus objetivos. Por também ser da classe C, porém, com mais recursos que os demais, ela se beneficiava disso para iniciar contradições a elite, não por que pensavam nos inferiores a ela, pelo contrário, apenas querendo garantir o seu.
O Comunismo buscava a participação do proletariado nas decisões a cerca da sociedade. Assim como a elite e a burguesia tinham suas constituições, o comunismo buscava estabelecer uma constituição da classe inferior, para que a mesma também pudesse atuar nas decisões sobre o local onde viviam, sem tanta dominância da elite na escolha de ações futuras para a sociedade
O proletariado já era a classe mais baixa, a mas sofrida, a mais oprimida e explorada, então, não tinham mais nada a perder, apenas a ganhar. Por isso, a sua junção, a unificação dessa classe seria importante. Importante para que eles através de protestos, greves, entre outras coisas, pudessem atuam de forma mais eficaz na luta contra os ''poderosos'' Eles eram a maioria da população e como todos juntos poderiam lutar com mais força pelos seus direito diante da elite.
Mark explica que o Comunismo deve acontecer com a criação da Constituição do proletariado e também de direitos para a classe inferior. Uma sociedade igualitária, sem maiores confortos e privilégios a nobreza, mas sim, uma sociedade com igualdade. Sem dominância de uma classe só, de uma Constituição só, mas sim, um regime Democrático.
avatar
brenner

Mensagens : 5
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 20
Localização : Itabuna

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Milena Britto em Qua Maio 29, 2013 12:06 pm

Texto Analítico -Manifesto Comunista


Proletários de todo o mundo, uni-vos! Com essa frase inicia-se o livro de Marx e Engels, dessa forma chamam a atenção de todos os cidadãos que vivem de apenas um salário. Através dessa leitura podemos observar o real interesse dos autores para com a sociedade, ou melhor dizendo, para com os proletários, os quais viviam em condições precárias.
Um relatório das lutas de classes é descrito através deste livro, pois do começo ao fim Marx proporciona uma leitura com base nos antagonismos de classes. Os burgueses (opressores) possuíam o poder de manter os proletários (oprimidos) muito mais que necessitados do seu trabalho, viviam em uma extrema dependência, a qual infelizmente era caracterizada pelo suor e esforço dos próprios proletariados.
Os burgueses priorizavam os seus próprios desejos de crescer cada vez mais, inclusive estes proporcionaram um papel eminentemente revolucionário. Todo esse avanço só prejudicava os oprimidos, os quais viviam relações monetárias, pois a família não estava sendo valorizada diante de tantas lutas.
Marx através de seu livro quer mostrar à esse povo trabalhador que eles podem lutar pelos seus direitos, inclusive o direito de ser recompensado conforme seu trabalho, o qual era muito duro e severo. A ideia de que quem produzia excessivamente só dava lucro à burguesia deveria acabar, pois todos são iguais e merecem uma vida digna! Se o trabalho fosse exagerado e gerasse mais lucro, não só o burguês deveria ganhar, mas os trabalhadores também. A busca de uma qualidade de vida estava começando a partir dessa condição, a qual era de igualdade.
avatar
Milena Britto

Mensagens : 14
Data de inscrição : 24/04/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Manifesto Comunista

Mensagem por Rafaelle Araújo em Qua Maio 29, 2013 12:41 pm

O Manifesto Comunista Fez de certa maneira a humanidade caminhar á procura de soluções para os seus problemas , como a exploração do trabalho entre outros .
O manifesto fala do ontem mas parece dizer do hoje pois retrata a realidade que é mostrada desde a antiguidade que é a relação entres as classes dominantes e as classes exploradas , nesse caso mostra a relação da burguesia ( classe dominante) e proletário ( classe explorada).
E como está claro nessa frase “ Os proletários não tinham nada a perder a não ser as suas algemas ...” isso os levou a lutar pelos seus direitos , eles não buscavam apenas dominar , mas por meio de uma revolução derrubar a burguesia , e assim podendo instituir um novo regime o comunismo , porque o comunismo não retira de ninguém o poder de se apropriar de seus produtos , tirava o poder de escravizar o próximo .
Ou seja manifesto comunista é um conjunto de ideias , de verdades em que os revolucionários da época acreditavam por conterem elementos para a compreensão das transformações sociais .
E também nos leva as várias questões ,uma delas é a mais -valia , é o que se ver bastante até hoje e o fato que temos que acreditar no que somos capazes , e segundo o desejo de Marx que era , pra essa classe deixar de ignorância e se unir para lutar “... Têm um mundo todo a ganhar , proletários de todo o mundo uni vos “ é uma frase para passado presente e futuro Smile
avatar
Rafaelle Araújo

Mensagens : 4
Data de inscrição : 24/04/2013
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Rafaella Roseno em Qua Maio 29, 2013 1:18 pm

O Manifesto Comunista foi elaborado por Marx e Engels que foram impulsionados pela situação em que se encontrava o proletariado em relação à burguesia. Esse manifesto criticou o rumo que o capitalismo tomou, porém o considerou como um pensamento revolucionário pois acabou com a prevalência do poder monárquico e do poder religioso.
Em todo o manifesto é possível compreender a intenção de unir os trabalhadores, para que eles possam mostrar que são capazes de revolucionar e conquistar todos os seus direitos. Marx sempre acreditou que a ascensão dos trabalhadores só ocorreria com a queda da burguesia e do sistema que era imposto sobre os mais pobres.
Essa é uma das frases de Marx: “Homem livre e escravo, patrício e plebeu, senhor e servo, mestre e oficial, em suma, opressores e oprimidos sempre estiveram em constante oposição; empenhados numa luta sem trégua, [...]”. A sociedade se sustenta nisso numa disputa sem fim entre classe dominante e classe dominada.
Para Marx o movimento comunista é a atitude mais revolucionária, para quebrar todos os laços que o capitalismo impôs na sociedade.
O capital é um produto coletivo, e só se tem resultados quando inúmeras pessoas trabalham para garanti-lo. Não é justo que a classe que mais trabalha para obter os resultados desse capital ganhe tão pouco e seja tão menosprezada. No mínimo um trabalhador deve ganhar um salário, só para garantir sua existência.
O comunismo visa o ganho do poder pelo proletariado, para que a classe tenha mais direitos e maior participação nos assuntos importantes e definitivos da sociedade.


Última edição por Rafaella Roseno em Qua Maio 29, 2013 1:32 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Rafaella Roseno

Mensagens : 2
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Nathaly Barros Nunes em Qua Maio 29, 2013 1:25 pm

Texto analítico - Manifesto Comunista

O Manifesto Comunista nos permite ver que existem soluções para tantos problemas, e a solução desses tais problemas fez de certa forma a humanidade entender que podia existir uma melhoria nos seus problemas. Percebi que existia um confronto entre a burguesia e os proletários, pela forte exploração dos proletários sem direito a muito retorno e a classe dominante chamada de Burguesia estava sempre pronta para proteger os seus aliados.
O desejo de Marx era que a burguesia e os proletários se unissem, que quebrasse esse tabu que era essa divisão de classes sociais. Os proletários só queriam explorar seus direitos, podendo enfim ter uma vida instável e derrubar a Burguesia dando inicio ao Comunismo que surgira para dar á eles o direito de liberdade.
Então pude perceber que o Manifesto Comunista nada mais é que um leque de ideias que os revolucionários acreditavam que poderia dar certo, eles acreditavam que expondo suas ideias poderiam se abrir chances de a ver um entendimento entre a classe dominante e a classe explorada. Também é abordado a questão da mais-valia que não se da muitas chances pro Homem ter uma condição agradável de vida, mais eles precisam do emprego por mais que ganhem menos do que deviam.
avatar
Nathaly Barros Nunes

Mensagens : 2
Data de inscrição : 26/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Laís Félix 3ºB em Qua Maio 29, 2013 1:52 pm

Texto analítico MANIFESTO COMUNISTA

O manifesto Comunista fala sobre a luta de classes existentes entre a burguesia(classe social que possuíia os meios de produção) e o proletariado ( trabalhadores que vendiam sua força de trabalho).A burguesia através da exploração foi conquistando cada vez mais riquezas,levando assim a classe dos trabalhadores se revoltarem, consequentemente tomando a iniciativa de tomar o poder e abolir a propriedade privada.
Através da exploração sofrida, os proletariados adquiriram experiencias e com a juda de Marx se tornaram pessoas capacitadas para lutarem pelos direitos e objetivos, eles chegando ao poder sai de cena o capitalismo e surge o socialismo, tomando assim poder e suprimindo a propriedade privada dos meios d e produção. Não existindo mais as propriedades privadas, a economia é controlada pelo Estado( onde quem lidera é o povo) com o objetivo de distribuição igualitaria de rendas e onde o trabalho é pago segundo a qualidade e a quantidade do mesmo. Após gerações o estado sai de cena e entra o comunismo A doutrina comunista preconiza a abolição da propriedade particular e a apropriação e comum de todas as coisas que satisfazem, direta ou indiretamente, necessidades humanas. O objetivo do comunismo é atingir assim a mais ampla igualdade entre os membros da sociedade. Pressupõe que a eliminação de toda e qualquer desigualdade (pelo menos no que se refere ao bem-estar material) também leve ao desaparecimento do antagonismo entre grupos e classes sociais.
avatar
Laís Félix 3ºB

Mensagens : 15
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Thomaz Oliveira em Qua Maio 29, 2013 1:53 pm


O manifesto comunista relata a respeito dos burgueses e os proletários. A burguesia, classe dominante, desempenhava um poder sobre todos os meios de quem comandava toda economia da época. Essa classe por sua vez é constituída por um grande numero de operários, que por não ter nenhum poder, continham-se aos comandos da burguesia.
O manifesto publicado em 1948, que representou uma espécie de rascunho da teoria revolucionária que, mais tarde, seria chamada de marxista. De um lado, Marx garantia na sociedade comunista, os bens seriam fartos. Os comunistas tinham suas opiniões e seus fins. Seus objetivos só podem ser alcançados pela ruína de toda a ordem social existente. A classe dominante tem à ideia de uma revolução comunista.
Marx mesmo sendo de família burguesa, se opôs em condição de proletário.
avatar
Thomaz Oliveira

Mensagens : 2
Data de inscrição : 29/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Rafaella Roseno em Qua Maio 29, 2013 1:55 pm

TEXTO DA ALUNA NATHALIA ALVES DE ARAUJO: Marx e Engels foram dois filósofos que marcaram a história através de suas idéias no Movimento Comunista. Os direitos da burguesia eram os mais importantes deixando de lado a classe do proletariado, que mesmo trabalhando não lucrava apesar de todo o seu esforço. Segundo Marx o único interesse da burguesia era o lucro, deixando de lado qualquer tipo de relação. Esse interesse sem fim destruiu ao ponto de vista de Marx a capacidade da evolução humana, colocando todo o foco no dinheiro.
A própria burguesia se atrapalhou na sua ambição deixando com que muitas vezes o seus sistema virasse um caos por causa da super produção, sem uma base que suportasse tanta responsabilidade.
Para o sucesso do capitalismo, é importante e necessário a existência dos trabalhadores. Porém essa classe dominante escraviza os mais pobres fazendo com que todos os direitos deles sejam aniquilados.
O trabalhador foi posto a segundo plano, ganhando apenas o que é necessário para sua sobrevivência, tornando o trabalho cansativo e monótono.
Como cita Konder: “A burguesia teme a ascensão do proletariado [...]”, pois ela tem consciência que precisa dos trabalhadores, mas também não é capaz de dar condições melhores de vida e de trabalho para a outra classe, tornando mais fácil e comum a disputa entre as duas classes.
É preciso a união da classe dominada, pois sem ela simplismente a classe dominante perde totalmente sua força e sua base para o seu maior interesse: o capital.
OBS: O TEXTO FOI POSTADO NO MEU PERFIL POIS O ANTIGO DE NATHALIA NÃO PODE SER ACESSADO, E ELA NÃO CONSEGUIU FAZER UM NOVO COM OUTRO EMAIL.
avatar
Rafaella Roseno

Mensagens : 2
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Interatividade

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum