Análises textuais

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Camila Marinho em Seg Maio 13, 2013 8:57 pm

2) Devido a separação que naturalmente o capitalismo gera, os que financeiramente são menos favorecidos ficam a margem de uma sociedade ou em parte dela que para gerar mais lucros oprime pessoas em diversas formas, entre elas oferecendo uma carga horária de trabalho alta por uma remuneração baixa, que os operários por falta de opção optam em aceitar. Em resumo é isso que temos em nossa sociedade separatista atual, neste caso o capitalismo é o grande vale social atual.
avatar
Camila Marinho

Mensagens : 5
Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Wagão Professor em Ter Maio 14, 2013 8:31 pm

A luz do Manifesto Comunista qual o verdadeiro sentido dessa frase "os filósofos não têm feito senão interpretar o mundo de diferentes maneiras: o que importa é transformá-lo". Qual o papel do proletariado nesse processo?
avatar
Wagão Professor
Admin

Mensagens : 64
Data de inscrição : 01/04/2011

Ver perfil do usuário http://wagaoprofessor.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Franklin Santos em Qui Maio 16, 2013 10:55 am

Na minha interpretação da frase, com os conhecimentos adquiridos pela leitura do livro, posso dizer que a ideia que é expressa na frase, é de que o mundo não precisa de ser analisado de pontos de vistas diferentes, mas sim, ser transformado para mudar oque precisa ser mudado. E a classe operária por ser uma classe com uma maior concentração de pessoas, e com o poder de protestamento tem um papel fundamental nesse processo de transformação, porque também é a maior privilegiada com os resultados da transformações que poderia acontecer...!
quem tiver algo pra discordar ou acrescentar no meu pensamento, fica a vontade.
Exclamation
avatar
Franklin Santos

Mensagens : 6
Data de inscrição : 26/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Ivana em Qua Maio 22, 2013 6:16 pm

Concordo com você, de fato o mundo precisa ser transformado independente de opiniões diferentes. No entanto o proletariado tem grande papel nesse processo, é preciso lutar pelos direitos e transformações de certas coisas na sociedade, e além disso é preciso também parar de pensamentos abstratos e ir atrás dos direitos, dos nossos direitos como cidadãos. Na maioria das vezes a classe desfavorecida, se acomoda com esse status, e não busca uma melhoria de vida, o proletariado era a única classe que poderia lutar pelos seus interesses, a única classe que tinha razão, mais no entanto eles permaneceram inertes.
avatar
Ivana

Mensagens : 11
Data de inscrição : 31/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Alex Messias em Qui Maio 23, 2013 10:45 pm

Concordo plenamente, filósofos interpretam de mais, mais agir não vejo nada, como a humanidade de hoje, com sérios problemas mais permanece calada, seres utópicos que só planejam e não realizam. Os proletariados que tem seu trabalho assalariado, onde sua forma atual se move entre dois termos antagônicos: o capital e trabalho,( capital, isto quer dizer que a propriedade que explora o trabalho assalariado e só pode aumentar com a condição de criar novos trabalhos assalariados e explorá-los novamente), eles que recebiam seu salário minimo, que dava o necessário para se manter, coisa que a igreja católica contestava, o justo preço, ideia da igreja católica, no final do século 19, que dizia que o ser humano deveria receber o salário para dar pra sustentar sua família, para ter seu momento de lazer, viagens etc.
avatar
Alex Messias

Mensagens : 5
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Alex Messias em Qui Maio 23, 2013 10:54 pm

Então os proletariados na luta contra a burguesia, que se converte em classe, destruía as antigas relações de produção, as condições do antagonismo entre as classes, as classes em geral, e com isso sua própria dominação como classe. Em lugar da antiga sociedade burguesa, com suas classes e antagonismo, surge o livre desenvolvimento de cada um, é a condição do livre desenvolvimento de todos.


Última edição por Alex Messias em Sex Maio 24, 2013 6:33 am, editado 1 vez(es)
avatar
Alex Messias

Mensagens : 5
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Alex Messias em Qui Maio 23, 2013 11:00 pm

Vemos que hoje século XXI, o Estado conseguiu administrar o antagonismo proletário a ponto de aparentemente dissolvê-lo (através de diversas medidas, tais como: leis trabalhistas, a transformação dos sindicatos em mediadores entre capitalistas e trabalhadores, e demais conflitos inter burgueses), fazendo o proletariado ser hoje dificilmente reconhecível na superfície da sociedade.Alguns dizem que a luta proletariado ainda continua, porém não vejo, como disse antes, muitos tem medo de se expressar, de meter a cara, de encarar a realidade.
avatar
Alex Messias

Mensagens : 5
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Wagão Professor em Dom Maio 26, 2013 10:57 pm

Caríssimos estudantes, estamos chegando na etapa final desse fórum de debate. Essa será a última tarefa de vocês. Logo abaixo explico o que deve ser feito nesta tarefa. Não desanimem, só chega ao objetivo quem anda.

Regra.

1- Abaixo exitem frases soltas (aleatórias) do Manifesto Comunista. Construam um texto analítico (dissertativo) com essas frases, obedecendo a norma culta da introdução, desenvolvimento e conclusão do que você escreverá. O mínimo é de 15 linha e máximo de 20 linhas. Aproveitem as frases soltas e construa seu texto-resumo sobre o que você entendeu sobre TODO o Manifesto Comunista. Bom Trabalho bounce

frases:
- "A burguesia, porém, não forjou as armas que lhe darão morte; produziu também os homens que manejarão essas armas - os operários modernos, os proletários".
- O objetivo imediato dos comunista é o mesmo que o de todos os demais partidos proletários: constituição dos proletários em classe..."
- Os proletários nada têm a perder a não ser suas algemas. Têm um mundo todo a ganhar. Proletários de todo o mundo, univos!.
- Marx vai dizer como é que deve acontecer passo a passo para o comunismo. Vai exemplificando e explicando.

avatar
Wagão Professor
Admin

Mensagens : 64
Data de inscrição : 01/04/2011

Ver perfil do usuário http://wagaoprofessor.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Viviane Lima em Seg Maio 27, 2013 5:22 pm

As idéias assim colocadas pelos meus colegas estão muito bem postas.Estou de acordo com cada um deles.E na minha opinião , assim também como Marx dizia.Não devemos ficar apenas na teoria ,como fazem os foi filósofos,mas se tem que colocar em pratica.E esse é o papel dos proletários,ir a busca de seus direitos,de quando não estarmos satisfeitos com algo,não apenas ficar na reclamação,mas buscar maneiras de mudança.Agir é o termo adequado.Apenas reclamar ,não adianta nada.Para transformar temos que colocar idéias em prática.
avatar
Viviane Lima

Mensagens : 6
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Ivana em Ter Maio 28, 2013 11:12 am


O livro Manifesto Comunista ressalta duas classes opostas, proletários x burguesia.
A burguesia desempenhou um papel revolucionário. A burguesia submeteu o campo à cidade, criou grandes centros urbanos; aumentou prodigiosamente a população das cidades em relação à dos campos e arrancou uma grande parte da população do embrutecimento da vida rural.
Tudo que era estável se destrói, tudo que era sagrado é profanado, e os homens são obriagdos a conviver com condições de existências recíprocas. As armas que a burguesia utilizou para abater o feudalismo voltam-se contra a própria burguesia; os operários modernos, que começam a formar uniões contra os burgueses atuam em comum na defesa de seus salários, a luta se transforma em motim. Os operários triunfam às vezes; mas é um triunfo passageiro.
Com isso os proletários se uniram com o mesmo objetivo dos comunistas. O proletariado com isso utilizará sua supremacia política para arrancar pouco a pouco todo capital á burguesia, para centralizar todos os instrumentos de produção nas mãos do estado, ou seja o proletariado como classe dominante. Isso só poderá se realizar com aplicações de medidas que, do ponto de vista econômico parecerão insuficientes e insustentáveis, mas ao desenrolar do movimento serão indispensáveis para transformar radicalmente, todo modo de produção.
Em resumo, os comunistas apoiam qualquer movimento revolucionário contra o estado. ''Os proletários nada têm a perder nela a não ser suas cadeias. Têm um mundo a ganhar. Proletários de todos os países, uni-vos!
avatar
Ivana

Mensagens : 11
Data de inscrição : 31/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Viviane Lima em Ter Maio 28, 2013 4:28 pm

O livro Manifesto comunista,fala a respeito dos burgueses e os proletários.Onde os burgueses estabeleceram a indústria,a liberdade de comércio , á navegação,intercâmbio,criou cidades enormes,entre outros.
Porém a medida que o capital se expande,desenvolve-se também os proletários,a classe dos trabalhadores modernos que lutam contra a burguesia devido a exploração a qual são submetidos.
Assim como os comunistas os proletários querem a constituição de sua classe,derrubada da supremacia burguesa,conquista pelo poder político pelo proletariado.Em outras palavras ,seria a formação de sua classe para a derrubada da burguesia , para assim poder pouco a pouco pegar todo seu capital e radicalizar com o modo de produção.
Para esses operários conseguirem seus objetivos eles usaram todas as ¨ferramentas¨ trazidas pelos burgueses para assim conseguirem se comunicar e se unirem com os demais para erguer-se.
Os burgueses forneceram as armas contra si mesmo ,pois estas concerteza foram essenciais para os proletários exercerem seu papel revolucionário.
avatar
Viviane Lima

Mensagens : 6
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Franklin Santos em Ter Maio 28, 2013 7:40 pm

A burguesia, classe dominante, exercia um poder sobre todos os meios de produção, comunicação, transporte, enfim era quem comandava toda economia da época. Inclusive, alem das áreas citadas, a burguesia exercia acima de tudo poder sobre uma outra classe, que era a dos proletariados.
Essa classe por sua vez é formada pela grande massa de operários, que por não ter nenhum poder, a não ser o de protesto, submetia-se aos comandos da burguesia.
A classe burguesa com sua ganância infinita oprime cada vez mais os proletários, fazendo deles apenas um instrumento de produção, independentemente de sexo ou idade, quebrando assim todos os laços afetivos, religiosos e etc. Marx nós revela em seu livro que a burguesia crescia a medida em que a capital aumentava desenvolvendo e aprimorando cada vez mais os seus meios de produção.
Com tudo isso acontecendo restou para os operários, unir suas forças para ir de contra a essa classe que tanto os exploravam. Então com os mesmo meios de comunicação que ela (burguesia) aprimorou, os proletários de uma mesma localidade e de localidades diferentes, se opôs contra a burguesia, exigindo seus direitos e contrapondo o que era imposto por ela.
Enfim, conclui-se que em manifesto comunista podemos ver a guerra entre essas duas classes, pela qual as dos proletários a preferência de Marx, pois mesmo sendo de família burguesa, se opôs em condição de proletário.
avatar
Franklin Santos

Mensagens : 6
Data de inscrição : 26/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Gabriel Meneses 3ma em Ter Maio 28, 2013 7:45 pm

Wagão Professor escreveu:Marx, então, pelo seu Manifesto Comunista, vai mostrando num percurso da história como aconteceu o surgimento da burguesia e ao mesmo tempo o aparecimento dos oprimidos. Descreva como isso aconteceu?

o surgimento da burguesia aconteceu a partir do crescimento comercial com as atividades comerciais,bancarias,feiras,navegações.Já os oprimidos nasceram quando o sistema feudal entrou em queda e com o crescimento industrial muitos trabalhadores começou a ir para as cidades em busca de vida melhor,chegando lá eles eram obrigados a vender sua força de trabalho por uma fração mísera do real valor da mercadoria que produzem, enquanto os proprietários se apoderam do restante.
avatar
Gabriel Meneses 3ma

Mensagens : 5
Data de inscrição : 24/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Gabriel Meneses 3ma em Ter Maio 28, 2013 7:53 pm

Wagão Professor escreveu:A luz do Manifesto Comunista qual o verdadeiro sentido dessa frase "os filósofos não têm feito senão interpretar o mundo de diferentes maneiras: o que importa é transformá-lo". Qual o papel do proletariado nesse processo?

como ditos,que mundo não precisa ser pensados,é preciso agir pra que ele seja transformado,os proletariados precisar ir atrás dos seus direitos como cidadãos para que mundo seja igualitário.
avatar
Gabriel Meneses 3ma

Mensagens : 5
Data de inscrição : 24/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Tainah Oliveira da Silva em Qua Maio 29, 2013 11:24 am

Nas diversas lutas dos operários , destacam e prevalecem os interesses do proletariado, independente das diferentes fases por que a luta entre proletários e burgueses, representam, sempre em toda parte , os interesses do movimento [i]
avatar
Tainah Oliveira da Silva

Mensagens : 5
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Tainah Oliveira da Silva em Qua Maio 29, 2013 11:27 am

A burguesia ,porém, não forjou as armas que lhe darão morte produziu também os homens que manejarão essa armas – os operários modernos , os operários.Com o desenvolvimento da burguesia ,desenvolve-se também o proletariado,a classe dos operários modernos , que só podem viver se encontrar trabalho.Marx vai dizer como é que deve acontecer passo a passo para o comunismo. Vai exemplificando e explicando, que os comunistas não formam um partido , mais sim o oposto aos outros operários.O objetivo imediato dos comunistas é o mesmo que o de todos os demais partidos proletários :constituição dos proletário em classe,ou seja o que eles pretendem é conquistar o poder político, de forma que o proletariado seja o centro. Enfim os proletários se viram livres das opressões que os prendiam. Os proletários nada tem a perder a não ser as algemas, tem um mundo todo a ganhar. Proletários de todo mundo , univa!
avatar
Tainah Oliveira da Silva

Mensagens : 5
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Camila Marinho em Qua Maio 29, 2013 12:18 pm

Em minha visão um tanto periférica,este pensamento tem um teor controverso de não aceitação de algumas ideias filosóficas usadas como base para tais mudanças. Existe uma grande camada de ideias filosóficas inseridas no contexto construtivo e revolucionário de nossa sociedade, todo pensar é baseado em ideias ancestrais, por insistentes que sejam a alguns olhos não questionadores, existe implícito um teor relativamente filosófico.
A questão é que, somos uma sociedade(população), que não compreende que, todo e qualquer ato independente de ser de teor filósofo ou não, ou de ter sido dito por, MARX, PLATÃO, LULA, meu PAI ou minha PROFESSORA, este ato antes do seu desenvolver, é pensado, analisado e questionado. Então a partir desses passos é que decide-se que rumo seguir.
Por esta linha tênue entre o pensar e o agi, o papel do proletariado é começar a conhecer as bases teóricas que incentivaram com seu pensar e seu atuar, todo o sistema em que estamos inseridos; Seja ele de qualquer âmbito social, capitalista, comunista, cristão. Etc. Devemos nos questionar e entender que toda a prática tem uma teoria construída ancestralmente, por mais mesquinho que pareça o pensar, ele deve existir, para dar frutos a possíveis e impossíveis questões.
avatar
Camila Marinho

Mensagens : 5
Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Alex Messias em Qua Maio 29, 2013 12:40 pm

O manifesto comunista de Karl Marx e Engels, o qual tem 4 capítulos , onde o tema principal que eles discutem é sobre duas classes opostas que são os burgueses e proletários.
No qual os burgueses cumpriram com um papel revolucionário, tudo estava ao seu poder, criaram então maquinas, onde viessem colocar os proletários a seu favor. Os proletários que tem o seu trabalho assalariado, que dava malmente para se manter, servia para os burgueses. Já os comunistas debatem pelos interesses das classes operárias, em todos movimentos, põe em primeiro lugar a questão da pro piedade, apoiam em qualquer lugar movimentos revolucionários contra o estado(de coisa social) e políticos.
Enfim, é esse o manifesto publicado por Marx e Engels, eles deixam claro que as classes dominantes tremam a ideia da revolução comunista, onde também explica que os proletários não tem nada a perder, e sim tem o mundo a ganhar, acredito que deixem a utopia de lado , pois tenha pensamento positivo, e vamos a luta. Proletários de todos os países uni-vos
. !
Smile
avatar
Alex Messias

Mensagens : 5
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Camila Marinho em Qua Maio 29, 2013 1:19 pm

Priorizando as lutas sociais, por ter tais idéias implícitas em sua base filosófica e revolucionária, no Manifesto Comunista tem exposta a luta de proletários x burgueses, classes grandemente distintas. A burguesia galgou um caminho revolucionário, submeteu o campo à cidade, criou grandes centros urbanos; fez crescer grandemente a população das cidades gerando assim, um êxodo rural; assim extraiu uma grande parte da população do embrutecimento até então normal, da vida rural.
Todas as bases sociais são questionada e agressivamente mudadas, começam a ver e crer no que até então não existia ou se pensava, a mutualidade começava a ter papeis fundamentais na construção do individuo, os métodos burgueses para desestabilizar o poder feudal voltam-se contra si. Os proletários com novas ideias sociais, consequentemente se unem contra a burguesia, agora sim eles começavam a ter mais poder social(teórico), o salário era sua principal bandeira bélica.
Os proletários se unem as bandeiras idealistas do comunismo, assim poderiam lutar com mais base e e poder contra os bens e conquistas dos burgueses. Queriam eles que o proletária dominasse sobre as demais classes, tendo em vista que eles eram em maior número, porém, esse volume não refletia poder, mas sim, submissão. Isso gera um pensamento de instabilidade, devido ao medo de novas e fortes mudanças, mas, tudo se tornaria preciso para uma nova configuração social. O comunismo lança idéias e ideais contra o poder estatal, o proletário os apoia e se apoia disso como poder de luta.
avatar
Camila Marinho

Mensagens : 5
Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Gabriel Meneses 3ma em Qua Maio 29, 2013 1:41 pm

O Manifesto Comunista foi um marco da literatura política socialista onde Karl Marx, juntamente com Friedrich Engels
fala aos proletariados sua importância e seu papel político. Publicado
em 1848, ainda hoje influência partidos políticos e grupos sociais.
O livro é dividido em quatro partes:
Burgueses e Proletários,
onde é delineado o papel do burguês e como este chegou ao poder, desde
o feudalismo e como surgiu o proletariado, obrigados a vender sua força
de trabalho para sobreviver.
Proletários e Comunistas,
relativo ao surgimento do comunismo e como ele pode apoiar o proletário
em sua luta por melhores condições frente aos burgueses.
Literatura Socialista e Comunista,que lista e comenta vários seguimentos de socialismo e qual a sua influência e importância na política Europeia. Trata-se de uma crítica aos que, até o momento, diziam "proteger o trabalhador". São expostos seus interesses e suas falhas e mostram porque não funcionam.
Há uma considerável parcialidade e forte desdém neste capítulo.
Posição dos Comunistas Frente aos Diferentes Partidos de Oposição,
em que os autores mostram como devem os comunistas se portar diante dos opositores políticos e quais são suas razões e o que defendem.
O livro termina com a célebre frase: "Proletariado de todo o mundo,
uni-vos" tão citada e parodiada até hoje. É síntese de tudo em que Marx
acreditava: o desejo do fim do poder dos estados e a união dos
trabalhadores sob uma mesma bandeira.
avatar
Gabriel Meneses 3ma

Mensagens : 5
Data de inscrição : 24/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análises textuais

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum