comente aqui

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Beatriz Seibert em Qua Maio 29, 2013 11:10 am

(QUARTA QUESTÃO)

Maquiavel escreveu ”O Príncipe” para servir como guia político para o príncipe Lourenço de Médici, ele explica como deveria ser a administração de seu principado. Maquiavel tinha a idéia que os homens eras seres maléficos e por isso o príncipe tinha que tomar muito cuidado com seu povo, não sendo muito bom, pois poderia perder a imagem de governante rígido, mas também não poderia ser odiado, pois o ódio poderia trazer revolta do povo, podendo fazer com que o príncipe perca o seu poder, então ele tinha que fazer de tudo para ser temido, por que temor é respeito .
Um príncipe tem que usar todas as estratégias para ter um bom governo, podendo mentir ou até usar falsa imagem, pois isso tudo seria justificado, validado. O autor também fala que uma guerra é sempre necessária para o príncipe mostrar seu poder a população, lembrando sempre que o exercito é muito importante para eliminar o inimigo do local dominado, fazendo sempre tudo para conquistar o que quê.
Estudar esse livro foi importante por ele ser um manual de política, e na vida praticamente tudo é política, ele ensina que um governante tem que fazer de tudo para manter o poder e eu aprendi todas as estratégias de um governante, sendo elas boas ou ruins, me tornando muito mais sábia na hora de falar sobre política. O livro também me ensinou a não desistir das coisas com facilidade pois nem tudo é fácil na vida, e que tenho de fazer de tudo para conseguir o que quero, sendo exemplo ou não para a sociedade. cheers



Última edição por Beatriz Seibert em Qua Maio 29, 2013 11:18 am, editado 1 vez(es)
avatar
Beatriz Seibert

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por wanderson lima em Qua Maio 29, 2013 11:13 am

(Resposta 1° pergunta)
Maquiavel; pensador florentino que viveu no período renascentista. "O Príncipe" foi sua obra mais importante, dedicado a Lourenço de Médici.
Nessa obra, ele sugeriu as condições necessárias para que um soberano absoluto fosse capaz de conquistar, reinar e, principalmente, manter seu poder. porque para ele, o mais complexo para um soberano, era a manutenção do poder de um rei.

wanderson lima

Mensagens : 5
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por aline araujo almeida em Qua Maio 29, 2013 11:18 am

(resposta da terceira pergunta)
Maquiavel mostra que a riqueza,o poder e o direito de governar tem que estar totalmente na mão dos príncipes(absolutismo);sendo esse acontecimento muito importante para a formação das monarquias, por que antes e figura dos reis era bem distante de como imaginamos(com o poder total
avatar
aline araujo almeida

Mensagens : 5
Data de inscrição : 03/05/2013
Idade : 20
Localização : itabuna

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Brenda Lopes em Qua Maio 29, 2013 11:19 am

(resposta da 4°questão) Para um político, é de grande valor o ensinamento que O Príncipe passa, são vários conceitos que apesar de antigos, servem de referência até os dias de hoje, um exemplo disso é quando o autor fala de que o povo gosta de mudar de príncipe, pensando assim que com isso a sua condição de governo vai melhorar colocando outra autoridade, ou outro dirigente. Isso acontece muito nos dias de hoje, e nem sempre é o melhor a se fazer. O livro nos mostra como lidar com situações de confronto contra inimigos, ou seja de como proteger um governo, prevendo quais serão os perigos e de como superá-los.
A maneira de se governar seja ela qual for, deve seguir conceitos básicos apresentados no livro, as estratégias que são abordadas são inúmeras, realidades de como é vivida a política atualmente são vistas a cada folha, principalmente quando se fala em que um príncipe que é ajudado por outras pessoas a tomar um estado, ficará devendo para esses uma divida, não podendo assim voltar-se a eles, na política atual a troca de favores é nos mostra bem como isso ocorre, de como para se eleger, é necessário ficar devendo favores a vários outros políticos e empresários, comprometendo assim a honestidade e o domínio sobre o "reinado".
avatar
Brenda Lopes

Mensagens : 3
Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Brenda Lopes em Qua Maio 29, 2013 11:25 am

(resposta da 3 questão) Maquiavel dizia que os governos poderiam ser justos ou injustos, pacíficos ou violentos e não caberia a ninguém contesta-los sendo que para governar o rei poderia usar da violência, pois os meios justificariam os meios. É reconhecido como fundador do pensamento e da ciência política moderna, pelo fato de haver escrito sobre o Estado e o governo como realmente são e não como deveriam ser, os recentes estudos do autor e da sua obra admitem que seu pensamento foi mal interpretado historicamente; desde as primeiras críticas feitas postumamente, as opiniões, muitas vezes contraditórias, acumularam-se, de forma que o adjetivo maquiavélico, criado a partir do seu nome, significa esperteza, astúcia.
avatar
Brenda Lopes

Mensagens : 3
Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por wanderson lima em Qua Maio 29, 2013 11:44 am

1º- Instalar colonias no território conquistado em um ou dois pontos.Sem grande custo as pessoas podem ser instaladas e mantidas e os prejudicados ficam dispersos e pobres sem poder causar dano algum.

2º-“A guerra não se evita, mas apenas se adia em benefício dos outros.” Ninguém pensou em deixar a guerra de lado, mais sim se preparar melhor. Podendo assim, se preparar melhor para um novo conflito.

3º-Ao conquistar um território, o conquistador deveria habitá-lo, tornando a posse mais segura e duradoura podendo observar e resolver todos os problemas de perto.




wanderson lima

Mensagens : 5
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por wanderson lima em Qua Maio 29, 2013 11:45 am

1º- Instalar colonias no território conquistado em um ou dois pontos.Sem grande custo as pessoas podem ser instaladas e mantidas e os prejudicados ficam dispersos e pobres sem poder causar dano algum.

2º-“A guerra não se evita, mas apenas se adia em benefício dos outros.” Ninguém pensou em deixar a guerra de lado, mais sim se preparar melhor. Podendo assim, se preparar melhor para um novo conflito.

3º-Ao conquistar um território, o conquistador deveria habitá-lo, tornando a posse mais segura e duradoura podendo observar e resolver todos os problemas de perto.




wanderson lima

Mensagens : 5
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por wanderson lima em Qua Maio 29, 2013 11:47 am

1º- Instalar colonias no território conquistado em um ou dois pontos.Sem grande custo as pessoas podem ser instaladas e mantidas e os prejudicados ficam dispersos e pobres sem poder causar dano algum.

2º-“A guerra não se evita, mas apenas se adia em benefício dos outros.” Ninguém pensou em deixar a guerra de lado, mais sim se preparar melhor. Podendo assim, se preparar melhor para um novo conflito.

3º-Ao conquistar um território, o conquistador deveria habitá-lo, tornando a posse mais segura e duradoura podendo observar e resolver todos os problemas de perto.




wanderson lima

Mensagens : 5
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Shirlley Vieira em Qua Maio 29, 2013 11:48 am

( Resposta da quarta pergunta: O Resumo) :
O livro" o príncipe " escrito por Maquiavel, foi feito com a ideia de ensinar a governar um Estado e manter seu governo de uma forma mais eficiente.
Este livro vem mostrando uma melhor forma de conquista terras e manter-se no poder por mais tempo . Maquiavel apresenta os problemas e as dificuldades mostrando um parecer sem solução só que ele em seguida apresenta as soluções e alguns conselhos ... Se um príncipe anexa a um Estado a outro mais antigo, sendo província sera fácil conquista. Porem para mante-los deve entregar deve extinguir o sangue dos antigos governantes e não alterá leis e nem impostos, agindo assim estará feita a união do antigo Estado. Maquiavel afirma que quando se utiliza as colonias os prejudicados serão aqueles que perderão suas terras,o aspecto marcante de sua obra é quando são tratados os meios de se tornar príncipe, que podem ser dois: pelo valor ou pela fortuna. Entretanto ele adverte que aqueles que se tornaram príncipes pela fortuna tem muita dificuldade para se manter no poder. Porém, a fortuna e o valor não são as únicas formas de se tornar príncipe. Existem outras duas: pela maldade e por mercê do favor de seus conterrâneos. entre outros exemplos citados no livro .
Bem estudar Maquiavel me fez descobrir e aprender sobre o governo e as táticas que eles utiliza para ganhar e conquista o povo, sendo assim o livro as pessoas pensarem mais sobre o Estado o governo, e atualmente sobre a politica em relação aos votos e como anda o Estado em que estamos .
avatar
Shirlley Vieira

Mensagens : 3
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Mariana Lopes em Qua Maio 29, 2013 11:51 am

A idéia de Maquiavel é da instruções ao príncipe Lourenço de Médici a governar um estado com sabedoria coragem e determinação. A obra relata a arte do governo pela intimidação e astúcia, tendo nela conselhos a um príncipe que deseja se manter no poder por meio das leis e da força, pois todo reino é tomado de força.
Maquiavel explica que um príncipe não pode entrar em um governo mudando leis e costumes do povo, pois com isso ressuscita a ira e a reprovação da população.
O livro vai, em busca da verdade, ele declara que os homens eram naturalmente ruins se não existisse motivos para serem bons, o principado tinha vários motivos para se precaver , incluindo o uso da força da quebra de palavra , enganação, oportunismo e da falsa imagem, pois as pessoas são mais fieis ao que temem do que aos que amam.
No livro ele ensina como um príncipe deve fazer o governo (Estado) ter boas recompensas. O estudo do livro foi importante para compreendermos melhor a política, pois todos os homens mesmo os menos interessados , precisam entender a política para perceber que não é fácil governar e que todo Estado necessita de um Governante para tomar decisões e resolver todos os conflitos causados pela própria população.
Certo que muitos Governates só queria saber das fortunas mas é isso que Maquiavel está explicando no livro "O PRÍNCIPE", que se o governo estiver atrás das fortunas ele nn permanecerá no poder , e ensina a todos os leitores a ter muita sabedoria e força no sentido da vida, pois nossas vidas e ações é uma politica e ele ensina como podemos ter êxito em tudo que fazemos , só se formos sabios , corajosos , valentes .
avatar
Mariana Lopes

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por aline araujo almeida em Qua Maio 29, 2013 11:59 am

(quarta pergunta)

A idéia central que o autor passa é que o príncipe pode governar de forma que ele consiga se manter no poderio,mostra estratégias eficazes de governar um Estado.O príncipe,se for bem sucedido em sua administração pode ganhar a confiança do povo e assim ser bem amado pelas massas, e assim o Estado em que ele governa se torna produtivo.Caso contrário pode haver revolta das massas, e ele tendo que usar sua força (os exécitos para conte-los),passando uma má impressão.
Foi muito bom estudar esse livro,pois aprendi um pouco sobre a administraçao de um governante,vi também casos de governos que fracassaram e outros que foram bem sucedidos,mostrou também um pouco da formação dos monarcas.Esse livro,embora escrito há muitos anos atrás,serve como base política para os governantes de hoje.
avatar
aline araujo almeida

Mensagens : 5
Data de inscrição : 03/05/2013
Idade : 20
Localização : itabuna

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por wanderson lima em Qua Maio 29, 2013 12:00 pm

(Resposta 3º pergunta)
O pensamento maquiavélico é fruto de um período socialmente conturbado da Itália e Alemanha do século XV, onde o autor procura contribuir com seu intelecto não apenas para o ofício da conquista do poder, mas a sobrevivência e desenvolvimento das monarquias. As monarquias desse mesmo século encontravam-se em extrema disputa interna, pois atuavam como um Estado Moderno. Apresentavam características específicas, tais como o monopólio de fazer e aplicar leis, recolher impostos, cunhar moedas e ter exército. Essas funções administrativas passaram rapidamente a ser o objetivo do governo central. E foi para esse novo propósito que o pensamento maquiavélico foi eficaz. Atuando como uma ferramenta de interpretação social daquele novo cenário político.

wanderson lima

Mensagens : 5
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por ThyagoCFS em Qua Maio 29, 2013 12:58 pm

(Resposta da Segunda)

1 - "O príncipe, contudo, deve ser lento no crer e no agir, não se alarmar por si mesmo e proceder por forma equilibrada, com prudência e humanidade, buscando evitar que a excessiva confiança o torne incauto e a demasiada desconfiança o faça intolerável. Nasce daí uma questão: se é melhor ser amado que temido ou o contrário. A resposta é de que seria O Príncipe necessário ser uma coisa e outra; mas, como é difícil reuni-las, em tendo que faltar uma das duas é muito mais seguro ser temido do que amado." Aqui ele ensina como um príncipe deve ser para que não perca o seu principado.

2 - "Mas, quando se conquistam territórios numa província com língua, costumes e leis diferentes, aqui surgem às dificuldades e é necessário haver muito boa sorte e habilidade para mantê-los. E um dos maiores e mais eficientes remédios seria aquele do conquistador ir habitá-los."

3 - “A guerra não se evita, mas apenas se adia em benefício dos outros.” Ninguém pensou em deixar a guerra de lado, mais sim se preparar melhor. Porque nunca se deve deixar prosseguir uma crise para escapar a uma guerra, mesmo porque dela não se foge, mas apenas se adia.
avatar
ThyagoCFS

Mensagens : 3
Data de inscrição : 17/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por ThyagoCFS em Qua Maio 29, 2013 1:04 pm

(Respondendo a Terceira)

Um príncipe não tem que governar o estado apenas pela fortuna, se tiver essa ideia não terá um reinado de sucesso, excelência. Ele tem que levar em conta, seu caráter pela articulação da politica e conhecimento lembrando sem que cada estado tem governos diferentes.
avatar
ThyagoCFS

Mensagens : 3
Data de inscrição : 17/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por ThyagoCFS em Qua Maio 29, 2013 1:09 pm

(Respondendo a Quarta)

O Príncipe (em italiano, Il Principe) é um livro escrito por Nicolau Maquiavel em 1512, cuja primeira edição foi publicada postumamente em 1532. Trata-se de um pequeno manual da conduta de príncipes, no mesmo estilo do Institutio Principis Christiani de Erasmo de Roterdã: descreve as maneiras de conduzir-se nos negócios públicos internos e externos, e fundamentalmente, como conquistar e manter um principado. Maquiavel deixa de lado o tema da República que será mais bem discutido nos Discursos sobre a primeira década de Tito Lívio. Em vista da situação política italiana no período renascentista, existem teorias de que o escritor, tido como republicano, tenha apontado o principado como solução intermediária para unificar a Itália, após o que seria possível a forma republicana. O tratado político possui 26 capítulos, além de uma dedicatória a Lorenzo II de Médici (1492? 1519), Duque de Urbino. Através de conselhos, sugestões e ponderações realizadas a partir de acontecimentos anteriores na esfera política das principais localidades de então, o livro pretendia ser uma forma de ganhar confiança do duque, que lhe concederia algum cargo. No entanto, Maquiavel não alcança suas ambições. É neste livro que surge a famosa expressão os fins justificam os meios, significando que não importa o que o governante faça em seus domínios, desde que seja para manter-se como autoridade. Alguns cursos de administração de empresas fazem leituras aparentemente deturpadas de tal obra, afirmando que, se uma empresa for gerida considerando as metódicas análises do autor, a mesma conseguiria prosperar no mercado.
Maquiavel começa o livro com uma dedicatória ao Magnífico Lourenço de Médicis, oferecendo-lhe o livro e as faculdades de sabedoria que, a Maquiavel, venho a conhecer em anos e com incômodos perigos. Do capítulo 1 ao 15, descreve as formas de poder e os dois principais tipos de governo: as monarquias e as repúblicas.No capítulo 15, Maquiavel escreve sobre como um príncipe deve proceder ante seus súditos e amigos, explicando que para manter-se adorado é necessário que o líder saiba utilizar os vícios e das virtudes necessárias, fazendo o que for possível para garantir a segurança e o bem-estar.No capítulo 16 é explicado ao príncipe como cuidar de suas finanças, para não ser visto como gastador, e levar o povo à pobreza, cobrando muitos impostos para manter-se rico. O autor diz que o melhor é ser visto como miserável, pois com este julgamento ele poderá ser generoso quando bem entender, e o povo irá se acostumar com isso. Os príncipes que vão junto ao exército atacar e saquear outras cidades devem ser generosos com seus soldados, para que esses continuem sendo fiéis e motivados. No capítulo 17, defende que é melhor um príncipe ser temido do que amado, mostrando que as amizades feitas quando se está bem, nada dura quando se faz necessário, sendo que o temor de uma punição faz os homens pensarem duas vezes antes de trair seus líderes. Diz também que a morte de um bandido apenas faz mal a ele mesmo, enquanto a sua prisão ou o seu perdão faz mal a toda a comunidade. O líder deve ser cruel quanto às penas com as pessoas, mas nunca no caráter material? As pessoas esquecem mais facilmente a morte do pai, do que a perda da herança? No capítulo 18, Maquiavel argumenta que o governante deve ser dissimulado quando é necessário, porém nunca deixando transparecer sua dissimulação. Não é necessário, a um príncipe, possuir todas as qualidades, mas é preciso parecer ser piedoso, fiel, humano, íntegro e religioso já que às vezes é necessário agir em contrário a essas virtudes, porém é necessário que esteja disposto a modelar-se de acordo com o tempo e a necessidade. No capítulo 19, o autor defende que o príncipe faça coisas para não ser odiado, como não confiscar propriedades, não demonstrar avidez ou desinteresse. Do capítulo 20 ao 23, explica como o líder deve controlar e o que deve fazer para manter seu povo feliz, mantendo distância dos bajuladores, e controlando seus secretários.No capítulo 24 explica porque os príncipes italianos perderam seus estados e como fazer para que isso não aconteça. Quando se é atacado, deve-se estar preparado para defender e nunca se deve? Cair apenas por acreditar encontrar quem te levante? Já que isso só irá acontecer se os invasores forem falhos. Nos últimos capítulos explica como tomar a Itália e como se manter na linha entre a fortuna e Deus dizendo que os líderes devem adaptar-se ao tempo em que vivem, para manter-se no poder por mais tempo. O livro retrata a experiência de Maquiavel em analisar as estruturas de um governo, oferecendo ao Príncipe Lorenzo de Médici uma forma de manter-se permanentemente no poder, sem ser odiado por seu povo.
avatar
ThyagoCFS

Mensagens : 3
Data de inscrição : 17/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por aline araujo almeida em Qua Maio 29, 2013 1:17 pm

tiago,para que explicar capitulo por capitulo sendo que o professor só pediu algumas explicaçoes?
avatar
aline araujo almeida

Mensagens : 5
Data de inscrição : 03/05/2013
Idade : 20
Localização : itabuna

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum