comente aqui

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Hiago Maciel em Dom Maio 26, 2013 4:05 pm

(Segunda pergunta)

1-Quando Estados são da mesma província, é sumamente fácil mantê-los sujeitos, já que não estão habituados a viver em liberdade, e para dominá-los seguramente tem que fazer com que a linhagem do antigo príncipe seja extinta, e nem alterar suas leis e nem seus impostos, de tal forma, dentro de um curto espaço de tempo todo o território conquistado passa a constituir um corpo todo com o principado antigo.

2-A liberalidade, usada por forma que se torne conhecida de todos, te prejudica, porque, se usada virtuosamente e como se a deve usar, ela não se torna conhecida e não conseguirás tirar de cima de ti a má fama do seu contrário;gravar extraordinariamente o povo de impostos, ser duro no fisco e fazer tudo aquilo de que possa se utilizar para obter dinheiro. Isso começará a torná-lo odioso perante o povo e, empobrecendo-o, fá-lo-á pouco estimado de todos. Ou seja, não seja muito liberal ou as pessoas do território dominado começará a perder o respeito por ti.

3-Um príncipe não deve medir esforços nem hesitar, mesmo que diante da crueldade ou da trapaça, se o que estiver em jogo for a integridade nacional e o bem do seu povo. Cool


Última edição por Hiago Maciel em Seg Maio 27, 2013 5:21 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Hiago Maciel

Mensagens : 7
Data de inscrição : 28/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Wagão Professor em Dom Maio 26, 2013 11:05 pm

Caríssimos estudantes, estamos chegando na etapa final desse fórum de debate. Essa será a última tarefa de vocês. Logo abaixo explico o que deve ser feito nesta tarefa. Não desanimem, só chega ao objetivo quem anda.

Façam um resumo em forma de redação (mínimo de 15 linhas e máximo de 20 linhas) mostrando o seu entendimento sobre o assunto. Mas deve obedecer a esses questionamentos levantados abaixo:
- Qual a ideia central do autor?
- Que mensagens Maquiavel quis deixou para se conquistar o poder?
- Quais os pontos positivos e negativos deixado por Maquiavel no Príncipe?
- Foi importante ter estudado sobre Maquiavel, Por quê?

cheers
avatar
Wagão Professor
Admin

Mensagens : 64
Data de inscrição : 01/04/2011

Ver perfil do usuário http://wagaoprofessor.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Sem Nome em Seg Maio 27, 2013 12:07 am

(Resposta da primeira pergunta)
Maquiavel escreveu “O Príncipe” com o objetivo de orientar o governante á chegar ao principado de forma honesta, como mantê-lo e como lhe dar com as dificuldades que surgirão no futuro. Ele cita todas as formas de governar, e aponta as maneiras corretas e incorretas para que o governante não cometa os mesmos erros.

Sem Nome

Mensagens : 3
Data de inscrição : 26/04/2013
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Sem Nome em Seg Maio 27, 2013 12:10 am

(Resposta de segunda pergunta)

1º exemplo: “Querendo-se manter aqueles estados, conquistados da maneira já descrita e habituados a viver com suas próprias leis e em liberdade, existem três modos: o primeiro é destruí-los, o outro é ir pessoalmente residir neles, e o terceiro é deixá-los viver com suas próprias leis, impondo-lhes um tributo e criando dentro deles um estádio de poucos, que o conservem teu amigo.” (cap. V) Ao conquistar um Estado que vive sob suas própria leis, para mantê-lo o príncipe deve escolher uma das três opções e segundo o autor a melhor maneira de o fazer é habitá-las ou destruí-las.

2º exemplo: “Aqueles que, somente pela fortuna, de homens privados tornam-se príncipes fazem-no com pouco esforço, mas com muito esforço se mantêm.” (Cap. VII) Aquele que se torna príncipe com a fortuna de outros, tem menos dificuldade de chegar ao principado mas tem muita dificuldade parar sustentá-lo.

3º exemplo: “Devemos, pois, saber que existem dois gêneros de combate: um com leis e outro com a força. O primeiro é próprio do homem, o segundo, dos animais. Porém, como frequentemente o primeiro não basta, convém recorrer ao segundo. Portanto, é necessário ao príncipe saber usar tanto o animal quanto o homem.” (Cap. XVIII) O príncipe pode combater de duas formas: com as leis ou com a força. Mas como o primeiro nem sempre é suficiente, ele deve recorrer ao segundo. Então, ele deve saber usar as duas formas.

Sem Nome

Mensagens : 3
Data de inscrição : 26/04/2013
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Pablo Oliveira em Seg Maio 27, 2013 12:59 am

(Resposta da segunda pergunta)
Exemplo 1 : É bem verdade que, reconquistando posteriormente as regiões rebeladas, mais dificilmente se as perdem, eis que o senhor, em razão da rebelião, é menos vacilante em assegurar-se da punição daqueles que lhe faltaram com a lealdade e investigar os suspeitos e em reparar os pontos mais fracos. Todos aqueles que se voltaram contra o príncipe sofrem uma punição por isso.

Exemplo 2 : Quando aqueles Estados que se conquistam, como foi dito, estão habituados a viver com suas próprias leis e em liberdade, existe três modos de conserva-los: o primeiro, arruiná-los, o outro, ir habita-los pessoalmente, o terceiro viver com suas leis. Para o rei que conquistou o Estado ele tem que escolher uma dessas leis .

Exemplo 3 : Quando as cidades ou as províncias estão acostumadas a viver sob um príncipe, extinta a dinastia, sendo de um lado afeitas para obedecer e de outro não tendo ou príncipe antigo, dificilmente chega a um acordo chegam a um acordo de um outro príncipe, não sabem, enfim, viver em liberdade. Quando as cidades estão acostumadas a viver com príncipes ela não consegue viver em liberdade, pois já se acostumaram com o modo de vida com príncipe.
avatar
Pablo Oliveira

Mensagens : 4
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Pablo Oliveira em Seg Maio 27, 2013 1:30 am

(Resposta da terceira pergunta)
De forma que , o príncipe vai governar pela fortuna ou pelo seu valor, de modo que para conseguir governar os estados a toda uma estratégia, os que escolheram a fortuna talvez não consiga governar, pois é muito difícil conseguir governar desse modo.
avatar
Pablo Oliveira

Mensagens : 4
Data de inscrição : 23/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Laiza Santiago em Seg Maio 27, 2013 9:33 am

Wagão Professor escreveu: Retrate a sua interpretação justificando textualmente as suas impressões, o que mais lhes chama atenção (sensibilidade, revolta, indignação) enfim, fique livre para expor as suas variadas visões sobre essa riquíssima obra de Nicolau Maquiavel. Não deixe de criar uma situação problema para que outros possam comentar o que leram de você. farao


A tendência de Maquiavel era a de encontrar uma direção as ações dos Príncipes, de forma a manutenção do monarca no poder com o maior tempo possível.
Maquiavel impõe respeito das formas de conquista, formas de ocupações das terras conquistadas, sempre baseadas em exemplos ocorridos em tempos mais antigos.
Na obra Maquiavel retrata na condição da natureza humana, isto é, que um príncipe pode alterar e influenciar o comportamento de seus súditos.
Para concluir, Nicolau Maquiavel mostra a sua preocupação em analisar acontecimentos ocorridos ao longo da história, de modo a compará-los à atualidade de seu tempo.
avatar
Laiza Santiago

Mensagens : 5
Data de inscrição : 17/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Laiza Santiago em Seg Maio 27, 2013 10:06 am

Wagão Professor escreveu:Em sua principal obra, "O Príncipe", Nicolau Maquiavel, cria um verdadeiro "Manual de Política". Gostaria que vcs dessem três exemplos citados por Maquiavel e comete-os. Idea

Maquiavel estabelece recomendações políticas para um governante evitar o conflito e a discórdia. Ele não define a natureza humana, mas discute sobre um monarca que quer estabelecer um reinado de sucesso.
Alguns dos exemplos do "Manual de Política" de Nicolau Maquiavel foram :
1- Qualidades como força de caráter, a coragem militar, a habilidade no cálculo .
2- Pode desafiar e mudar a fortuna: papel do homem na história .
3- Não define Estado: percebe o Estado como poder central, exerce com força sobre as questões internas externa de uma coletividade.
Podemos separar a obra política de Maquiavel em quatro partes: classificação dos Estados; como conquistar e conservar os Estados; análise do papel dos militares e conselhos para manutenção do poder.
avatar
Laiza Santiago

Mensagens : 5
Data de inscrição : 17/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Laiza Santiago em Seg Maio 27, 2013 10:54 am

Wagão Professor escreveu:Em que sentido o pensamento de Maquiavel deve ser compreendido no contexto da formação das monarquias nacionais?

Na obra de Maquiavel , o pensamento é que há dois modos de lutar: com as armas ou com as leis, sendo este o próprio dos homens e o outro próprio dos animais, sendo assim , o príncipe exerce a função de organizar sua fortuna e estabelecer o seu carácter .
Sobre a formação das monarquias nacionais Maquiavel acreditava que a forma perfeita de governo republicano é aquele que apresenta características monárquicas, aristocráticas e populares, ou seja, uma república mista.
Maquiavel não é idealista. É realista. Propõe estudar a sociedade por análise da verdade dos fatos humanos, sem perder-se em em especulações.
Sempre haverá uma forma(estratégia) para conquistar o poder do estado , contendo dois tipos principais , que são o o hereditário e o adquirido.
avatar
Laiza Santiago

Mensagens : 5
Data de inscrição : 17/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Hiago Maciel em Seg Maio 27, 2013 5:42 pm

(Terceira pergunta)De forma que um príncipe deve agir de duas maneiras: Ou pelo seu valor/caráter ou pela sua fortuna/dinheiro sendo este segundo um meio mais difícil de manter sua posse,pelo menos em meu ver, dinheiro não é tudo e sim personalidade.Pois afinal de contas quem obedeceria a um regente cruel e frio só pelo seu dinheiro? Tá, muita gente, mas convenhamos, o correto é agir pela personalidade e não pelo poder. Razz

PS: É o meu jeito de pensar professor
avatar
Hiago Maciel

Mensagens : 7
Data de inscrição : 28/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Hiago Maciel em Seg Maio 27, 2013 5:43 pm

Professor, essa quarta questão é pra fazer no caderno ou aqui mesmo?
avatar
Hiago Maciel

Mensagens : 7
Data de inscrição : 28/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Yarle Ramalho em Seg Maio 27, 2013 11:18 pm

Wagão Professor escreveu:Caríssimos estudantes, estamos chegando na etapa final desse fórum de debate. Essa será a última tarefa de vocês. Logo abaixo explico o que deve ser feito nesta tarefa. Não desanimem, só chega ao objetivo quem anda.

Façam um resumo em forma de redação (mínimo de 15 linhas e máximo de 20 linhas) mostrando o seu entendimento sobre o assunto. Mas deve obedecer a esses questionamentos levantados abaixo:
- Qual a ideia central do autor?
- Que mensagens Maquiavel quis deixou para se conquistar o poder?
- Quais os pontos positivos e negativos deixado por Maquiavel no Príncipe?
- Foi importante ter estudado sobre Maquiavel, Por quê?

cheers

A princípio, governar um Estado exige muitos benefícios para um chefe, sejam eles positivos ou negativos. Ele deve sempre "bolar" uma maneira que agrade pelo menos a maioria para que ele continue no governo ou que saia com um bom histórico (que possa servir aos seus sucessores).
No caso do livro, Maquiavel cria-se o considerado manual dos governantes, onde ele enfoca alguns conselhos de como governar um Estado, exemplificando principalmente formas de conquistar e manter o poder.
Para manter sua tese, Maquiavel começa descrevendo os vários tipos de governos e como cada um deles pode ser afetado no principado.
Um dos fatos de bastante importância é quando o autor cita que o príncipe deve estar do lado dos mais fracos, pois assim ele ganha confiança e seu governo se faz fortalecido.
Porém, em alguns fatores o autor possa ter forçado um pouco, por exemplo, na tradição do pensamento antigo; a desconsideração das raízes sociais e econômicas dos conflitos no interior das formações sociais - ele enfoca apenas a disputa do principado para com a disputa de poder.
Mas como foi dito anteriormente, Maquiavel foi um autor de bastante importância para os governantes, mesmo com os seus pontos negativos ele anexa exemplos e conselhos importantíssimos até mesmo para os políticos de plantão.

avatar
Yarle Ramalho

Mensagens : 4
Data de inscrição : 05/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Yarle Ramalho em Seg Maio 27, 2013 11:25 pm

Hiago Maciel escreveu:(Primeira Pergunta) O Príncipe é um tipo de comentário da vida política da época, que discute a libertação da Itália dos considerados bárbaros em suas intervenções políticas. A obra foi escrita em 1513 por Nicolau Maquiavel e foi dedicada a Lourenço de Médici. O príncipe de Maquiavel é considerado como um manual e um ensinamento, para que um príncipe(no caso Lourenço) possa conquistar um Estado e manter o domínio sobre ele de uma forma mais eficaz, para que não ocorra situações de erro no qual, tudo que fora conquistado, venha a ser perdido. Wink

E também, os seus conselhos citados foram bem servidos naquela época, e podem ser usados atualmente para os "políticos de plantão".
avatar
Yarle Ramalho

Mensagens : 4
Data de inscrição : 05/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Jaqueline Rocha em Ter Maio 28, 2013 11:22 am

(Respondendo à segunda pergunta )
Existem 3 modos de conservar o principado ( manuais políticos) , primeiro : arruinar o rival para que seu poder seja absoluto; segundo, ir habitá-los pessoalmente e terceiro, deixa-los viver com suas leis, arrecadando um tributo e criando em seu interior um governo de poucos que se conservam amigos porque sendo esse governo criado por aquele príncipe sabe que não pode permanecer sem sua amizade e seu poder e há que fazer tudo por conservá-lo . Sendo assim se o príncipe cumprir com esses três manuais ele pode permanecer no poder por longo tempo.

- Alguem pode complementar ..
avatar
Jaqueline Rocha

Mensagens : 4
Data de inscrição : 22/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Jaqueline Rocha em Ter Maio 28, 2013 11:25 am

(Respondendo a terceira pergunta )
A monarquia nacional tem como tese o poder do rei e Maquiavel o do príncipe, sendo assim para conseguir o principado ele usava de tais estratégias : crime, dinheiro, hereditariedade , enfim ,tudo o que podia para estar no poder absoluto .
avatar
Jaqueline Rocha

Mensagens : 4
Data de inscrição : 22/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Franciele Del-Rei em Ter Maio 28, 2013 2:00 pm

(Resposta da Primeira Pergunta)
O príncipe ,é um livro muito fantástico escrito por Nicolau Maquiavel ,em 1532,foi dedicada a Lourenço de Médici.Para orientar os governantes também como dominar.Também não importa o que o governante faça em seus domínios,desde que seja para manter-se como autoridades


Última edição por Franciele Del-Rei em Ter Maio 28, 2013 2:54 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Franciele Del-Rei

Mensagens : 6
Data de inscrição : 24/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Franciele Del-Rei em Ter Maio 28, 2013 2:30 pm

(Resposta da Segunda Pergunta)
Se um príncipe Juntar um Estado a outro mais antigo, e sendo este da mesma província e da mesma língua.Também deve se dá como defensor dos mais fracos, tratando de enfraquecer os mais poderosos é tratando de enfraquecer os mais poderosos.três manuais .
cheers
avatar
Franciele Del-Rei

Mensagens : 6
Data de inscrição : 24/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por fellipe faria em Ter Maio 28, 2013 2:48 pm

(Resposta da Quarta Questão)
Assim como já foi dito, O Príncipe foi um presente de Maquiavel para um príncipe que estava governando um estado, tendo na obra diversos e variados conhecimentos sobre política e formas de governar , tinha como objetivo instrui-lo sobre todas essas estratégias para usa-la em seu governo, sendo assim sua ideia era de criar uma espécie de manual para os governantes da época.Essa obra foi de grande influencia para os líderes de estado, e continua sendo lembrada pela política atual que é influenciada por ela.
Muitas mensagens foram dadas para ensinar a governar corretamente, entre elas,manter aliados mais fracos em seu reino, assim podendo os controlar mais facilmente e evitar futuras invasões;ao se conquistar um território, nunca o governa-lo a distancia e sim passar a viver nele para assim manter tudo sobre sua visão e poder resolver os conflitos de perto;jamais deixar prosseguir uma crise para escapar de uma guerra, sendo que dela não se foge mas adia, e demais mensagens.
A obra de Maquiavel foi bastante útil e positiva para a política, porem se tem muitas controvérsias sobre suas mensagens as vendo como pontos negativos, entre elas se tem a afirmação de que ´´é melhor um príncipe ser temido do que amado´´.Podendo assim nos trazer fatos negativos para a politica,que nessa obra foi influenciada.
De um forma ou outra O Príncipe é uma leitura importante, nos mostra a vida e dever de um governante, uma visão diferente do governo de um estado, possibilitando um aprendizado amplo do que é a política.Mostra as obrigações, sacrifícios e atitudes que um rei tem que fazer, mostrando os reinados pela visão de quem está por trás deles, de quem os comanda.Esses e outros fatos fazem dessa leitura essencial, principalmente para quem deseja saber sobre tais assuntos.
avatar
fellipe faria

Mensagens : 4
Data de inscrição : 07/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Achiley Cavalcante em Ter Maio 28, 2013 3:00 pm

(Resposta da Primeira Pergunta)

Este livro escrito por Nicolau Maquiavel em 1513 trata-se dos trabalhos políticos mais fundamentais elaborados pelo pensamento humano, e tem como papel crucial na construção do conceito de Estado como modernamente conhecidos.Nesta obra, Maquiavel defende a centralização do poder político e não propriamente o absolutismo (como muitos pensam).Suas considerações e recomendações aos governantes sobre a melhor maneira de administrar o governo caracterizam a obra como uma teoria do Estado moderno.
avatar
Achiley Cavalcante

Mensagens : 1
Data de inscrição : 17/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Laiza Santiago em Ter Maio 28, 2013 3:08 pm

Façam um resumo em forma de redação (mínimo de 15 linhas e máximo de 20 linhas) mostrando o seu entendimento sobre o assunto. Mas deve obedecer a esses questionamentos levantados abaixo:
- Qual a ideia central do autor?
- Que mensagens Maquiavel quis deixou para se conquistar o poder?
- Quais os pontos positivos e negativos deixado por Maquiavel no Príncipe?
- Foi importante ter estudado sobre Maquiavel, Por quê?

cheers


A obra de Maquiavel pode ser considerada um guia de conselhos para governantes. A ideia central do autor é o de que para permanecer no poder, o líder deve estar disposto a desrespeitar qualquer consideração moral, e recorrer inteiramente à força e ao poder da decepção. Traz-nos uma visão realista de como o ser humano pode, deve e, de fato, manipula o poder.
Para Maquiavel , um príncipe não deve medir esforços nem hesitar, mesmo que diante da crueldade ou da trapaça, por isso ele expressou suas palavras em meio de mensagens para conquistar o poder , sendo elas : "Os fins justificam os meios ", " É melhor ser temido do que amado" , "Os homens, se não sejam mimados devem ser aniquilados".
Um dos pontos positivos foi a contribuição de Nicolau Maquiavel para o mundo é imensa. Ensinou, através da sua obra , a vários políticos e governantes. Aliás, a obra de Maquiavel entrou para sempre não só na história, como na nossa vida cotidiana atual, já que é aplicável a todos os tempos. Pelo lado negativo , Maquiavel foi revolucionário, ao abordar sobre a relação entre a política e a religião, ele sempre teve como finalidade a conservação do poder da política.
Bastante satisfatório ter estudado sobre Maquiavel, por quê é uma obra que nos ensina a analisarmos as questões políticas de maneira racional e a colocar em prática o senso crítico no que concerne ao antes, durante e depois das eleições, sendo caracterizado como um novo modo de pensar a POLÍTICA .
Esta obra é útil em vários aspectos para os líderes da atualidade, mesmo Maquiavel tratar especificamente da monarquia, os príncipes e monarcas poderão ser traduzidos para os governantes da atualidade.
avatar
Laiza Santiago

Mensagens : 5
Data de inscrição : 17/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por murilomarques em Ter Maio 28, 2013 3:15 pm

(primeira pergunta)o principe de Maquiavel tem um ensinamento fantastico para que o principe no caso Lourenço possa conquistar o estado e manter o dominio de uma forma eficaz para que nao ocorra erros em tudo que foi conquistado

murilomarques

Mensagens : 4
Data de inscrição : 17/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por murilomarques em Ter Maio 28, 2013 3:43 pm

(segunda pergunta) estados conquistados e situado a um estado antigo sendo da mesma provincia ou lingua possa-se a viver mais tranquilamente como tem ocorrido com a Normandia,sem grande custo as pessoas podem ser estaladas e mantidas.

murilomarques

Mensagens : 4
Data de inscrição : 17/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Samilly Pitombo em Ter Maio 28, 2013 3:50 pm

(Resposta da terceira pergunta )


Maquiavel deixa claro que um príncipe para se manter no poder deve ser mau,dependendo da necessidade.O poder do rei era sempre confrontado com os poderes da igreja e da nobreza. As monarquias nacionais surgiram com o fortalecimento do rei no estado. No processo de formação das monarquias nacionais, o desenvolvimento do comércio e das cidades
criou a necessidade de centralização do poder para unificar os tributos, as moedas, os pesos e medidas, as leis e mesmo a língua. Smile
avatar
Samilly Pitombo

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/04/2013
Idade : 19
Localização : Itabuna

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Luana Martins em Ter Maio 28, 2013 3:51 pm

(resposta da segunda pergunta)
- Maquiavel fala que é importante instalar colônias, pois não são de grande custo e prejudica somente aqueles de quem se tomam os campos e as casas para cede-los aos novos habitantes, os quais constituem uma parcela mínima do Estado conquistado.
- Quando um Estado novo é conquistado e anexado a um antigo, são da mesma província ou língua, quando não tem nada em comum o príncipe tem que ser bem firme em suas decisões e saber governar seu Estado.
- Quando um novo príncipe é nomeado e conquista seu Estado, ele encontra muitas dificuldades por ser a primeira vez que exerce o posto.
avatar
Luana Martins

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Samilly Pitombo em Ter Maio 28, 2013 3:53 pm

(Resposta da quarta pergunta) Smile


O livro o príncipe foi escrito por Nicolaus maclavellus que foi um homem realista e que foi um gênio como escritor. O livro fala de como, um príncipe deve governar seu Estado. Maquiavel trás nesse livro varias ideias que o príncipe deve seguir corretamente para continuar no poder e ser adorado pelo povo. O objeto de suas reflexões é a realidade política, pensada em termos de prática humana concreta.
Até onde Le do livro, Maquiavel deixa varias mensagens de como se deve conquistar o poder, como por exemplo, ele fala que um príncipe nunca pode fugir a uma luta ela pode ser até adiada mais nunca cancelada. Essa mensagem é muito importante até pra pessoas que não estão no poder, porque ensina que você não pode desistir do que você quer,tem que ir a luta para que ela não seja cancelada.
Maquiavel tem vários pontos positivos, mas o mais importante é que nesse livro ele soube muito bem ensinar, passo a passo de como um príncipe deve ou não fazer para governar seu estado e ter boas recompensas por está fazendo o certo.
Foi muito importante ter estudado sobre esse livro, ele nos mostrar o caminho da liberdade. Esse livro, não serve só para príncipes, serve também pra pessoas que estão no poder, como presidente, prefeito, deputado e outros cargos que precisar saber governar. Very Happy
avatar
Samilly Pitombo

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/04/2013
Idade : 19
Localização : Itabuna

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comente aqui

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum